Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Blog de Zacarias Martins
 Blog de Ednea Rezende
 Site do Dr. Arimatéia Macêdo
 Assembléia de Deus de Porto Velho
 Ana Márcia




GURUPI GOSPEL
 



 

A CLONAGEM SOB O PONTO DE VISTA TEOLÓGICO

Por Zacarias Martins

 

                                                

 

                                                                    

Procurar na origem da vida e pesquisá-la é algo que a ciência biológica vem fazendo com muita eficácia nos últimos tempos, principalmente, em vista da complexidade que envolve essa temática. E apesar dos avanços empreendidos, muitas perguntas ainda continuam sem respostas, pois até o momento não surgiu algo que pudesse satisfazer por completo as indagações do ser humano nesse aspecto.

Esses e outros assuntos correlatos são abordados com muita propriedade pelo escritor e teólogo João Gomes da Silva(foto), em seu livro
"O Clonador"
(76 pág. Editora Veloso, de Gurupi, no Estado de Tocantins), ressaltando que grandes nomes do mundo da ciência têm se debruçado na busca de algo que possa trazer luz ao assunto, mesmo que seja um pequeno raio pela fresta. "Isso geraria certo conforto e daria ao homem a tranqüilidade tão desejada de saber de onde veio, por que está aqui e para onde vai?", explica o autor.

Para João Gomes quem está por trás do labirinto insondável da vida se mantém em silêncio, pois não dá para argumentar os mistérios existentes num universo tão grandioso e ao mesmo tempo habitado por criaturas tão pequenas como o ser humano, portadoras de acentuada incapacidade de assimilação do que existe fora do nosso mundo existencial.


O autor acredita que o silêncio que o Arquiteto do Universo faz não é completo, pois não seria justo nem sábio da parte desse Ser Criador, manter suas criaturas na ignorância absoluta das coisas. "Assim, amorosamente ou por motivos que ainda não conhecemos, Ele tem se revelado, usando para tal, meios que se harmonizam melhor à nossa capacidade em todos os aspectos do nosso ser", observa.




Escrito por João Gomes da Silva às 21h25
[] [envie esta mensagem
] []





Só Jesus acalma a tempestade

 

Quando o Senhor Jesus esteve humanizado viveu todas as experiências da vida humana sem se deixar intimidar e nem perder seu lado divino que, em certas ocasiões, se manifestava com demonstrações claras de que Ele era homem, mas também era Deus.

 

Num desses episódios os discípulos de Jesus estavam atravessando o mar. Era noite e o barco deles estava no meio do mar. De repente começou uma tempestade que açoitava violentamente o barco. Jesus estava ali perto, num monte onde costumava orar. Já era madrugada e percebendo a aflição dos seus discípulos  foi ter com eles andando por cima das águas.

Os discípulos estavam assustados quando de repente viram alguém andando por sobre as águas. A princípio não identificaram quem era. Acharam que era um fantasma (segundo suas crenças). E em função disso começaram a gritar com medo, pois nunca tinham visto algo semelhante. Porém logo ouviram a meiga voz do mestre que disse:       " - Sou Eu, não tenhais medo, tende bom ânimo!".

O apóstolo Pedro, homem de temperamento forte e muito afoito, apressou-se e disse: " - Mestre se realmente és tu, permita que eu vá a teu encontro andando sobre as águas!".

O Mestre respondeu: “- Vem!

E imediatamente Pedro pisou nas  águas e começou a caminhar em direção a Jesus, tendo as águas solidificadas sob seus pés.   

De repente o vento forte  começou a bater em Pedro. Com medo ele desviou seu olhar do Mestre e olhou para o mar e então começou a afundar. Vendo que ia perecer gritou: "- Salva-me, Senhor!", e Jesus tomando-o pela mão o censurou pela falta de fé dizendo: " - Por que duvidaste?"

 

A vida nos reserva muitas tempestades e, às vezes, como os discípulos, começamos a gritar sem saber ao certo a que rumo haveremos de tomar. Nessa hora tudo nos parece contrário e sem saída. Perdemos a capacidade racional das coisas. Perturbados pela angústia ficamos à deriva, sem encontrar solução para os nossos problemas que se tornam gigantes na medida em que a adversidade nos fragiliza.

 

Outras vezes, como Pedro, depois de já termos conhecido o Senhor e até andado alguns passos com Ele, somos surpreendidos pelo vento forte das tentações, das adversidades e, abalados pela falta de confiança Nele passamos a  olhar para os problemas. É aí que começamos a afundar numa descida rumo ao fracasso, com poucas possibilidades de escape.

 

Nessa hora difícil, quando a maioria dos amigos se afasta e os inimigos se preparam para festejar a nossa derrota, Jesus aparece com  sua mão estendida dizendo:   "- Tenha bom ânimo, eu estou contigo!", e nos levanta para uma nova caminhada de fé com Ele.

 



Escrito por João Gomes da Silva às 21h23
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]